NET Educação
RSS

Acessibilidade

A+ A-
 
Multimídia

Confira os vídeos educativos que podem complementar o trabalho em sala de aula e favorecer a aprendizagem

16/08/2017 às 14:18 por Marcelo Abud

Livro “A boca da noite” traz aventura infantil indígena

Autor Cristino Wapichana inspirou-se em suas vivências para criar obra de projeção internacional
  • ()
  • (0)

     “A minha vinda para estas bandas aqui do Sudeste foi exatamente para ganhar corpo e começar a discutir coisas que de fato eram criadas e que prejudicam os povos indígenas”

    (Cristino Wapichana)

     
     
    Escrito por Cristino Wapichana e ilustrado por Graça Lima, o livro “A boca da noite” tem sido destaque no Brasil e no exterior. Além de vencer nas categorias de Melhor livro para crianças e Melhor ilustração no Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil 2017, a obra teve uma de suas ilustrações na capa do catálogo da Feira literária infantil e juvenil de Bolonha, uma das maiores do mundo. Cristino também foi convidado para o Salão do Livro de Gotemburgo, onde “A boca da noite” vai ser lançado em Sueco. O trabalho de Graça Lima também estará representado, já que o stand do Brasil em Gotemburgo será decorado com ilustrações do livro. 
     
    Nesta edição, conversamos com autor e ilustradora para desvendar alguns dos mistérios dessa repercussão do livro, que traz uma história fascinante e cheia de surpresas para crianças e jovens. “A boca da noite” conta um pouco da infância, da família, do cotidiano e da criatividade do povo Wapichana.
     
    No livro, os irmãos Dum e Kupai tentam encontrar respostas para perguntas como: o que será que acontece quando o sol mergulha no rio? Será que ele toma banho antes de dormir? E depois disso, será que ele passa a noite dormindo dentro do próprio rio? Mas para chegarem a alguma conclusão, sobem na Laje do Trovão, o lugar mais perigoso da aldeia. O medo aumenta quando o pai utiliza a expressão “boca da noite” e Kupai fica imaginando que se a noite tem boca, deve também ter cabeça e corpo, além de ser enorme. 
     
    O escritor Cristino Wapichana, do povo indígena Wapichana, de Roraima, radicado atualmente em São Paulo, ganhou, em 2014, com esse singelo e vigoroso texto, menção honrosa no Concurso FNLIJ/UKA Tamoios de Textos de Escritores Indígenas. Para tornar a história mais encantadora, a ilustradora Graça Lima é a coautora da obra. Ela realça ainda mais a poesia e sensibilidade da narrativa com seus traços e pinturas. Os desenhos remetem à vasta arte dos povos indígenas, como a das cerâmicas, pinturas corporais e grafismos. A paleta alterna entre cores quentes e vibrantes, como o dia na floresta; e tons sombrios, como a noite e os mistérios escondidos. Cristino e Graça transportam o leitor para a realidade dos povos indígenas, com sua beleza, coragem e ensinamentos. 

    Crédito: A música utilizada na edição do áudio é “Kazanda wyn (sonho)”, de Cristino Wapichana.
     

    Deixe seu comentário

    (0) Comentários


    Participe

    Opine sobre este conteúdo

    pessoas gostaram disso

    As notícias mais curtidas

    Faça parte desta rede e envie seu conteúdo para o portal NET Educação!

    • Flávio Rodrigues
    • Jéssica Miranda
    • Mariani Silva
    • Dartagnan Freire
    • Elza Castro
    • Tatiana Campos Leonardo
    • Itamar Raul de Morais
    • Carolina Natel

    Plano de Aula

    Suas melhores aulas agora como referência.

    Enviar

    As Caras da Educação

    Compartilhe suas histórias com o Portal NET Educação.

    Enviar
    Participe

    Login

    Ao se logar, você pode interagir com o NET Educação e colaborar com o envio de conteúdos!

    Já sou cadastrado

    Esqueci minha senha

    Informe seu e-mail para nós lhe enviarmos sua senha.

    Sucesso!

    Sua senha foi enviada para o seu e-mail.

    Voltar para a tela de login

    Não sou cadastrado

    É rápido e fácil se cadastrar no NET Educação. Com seu login e senha você pode acessar, gratuitamente, todas as áreas do portal.

    Fechar