Como funciona o Encceja 2023? Veja as regras para receber certificado!

O Encceja é a oportunidade para inúmeros jovens e adultos finalmente conseguirem o certificado de ensino necessário. Porém, você sabe como funciona o Encceja 2023? Neste artigo iremos trazer mais detalhes de como funciona o Encceja 2023 e o que é necessário para receber o certificado.

Como funciona o Encceja 2023
Como funciona o Encceja 2023 Imagem: Encceja

Como funciona o Encceja?

Para uma pessoa conseguir bons empregos, é necessário no mínimo um diploma de conclusão do ensino médio ou do fundamental.

Pensando nisso, o INEP decidiu criar o Encceja, sigla para Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. O exame foi criado para que jovens e adultos que não concluíram os seus estudos, finalmente consigam um certificado do ensino fundamental ou médio.

Portanto, esses cidadãos realizam o exame, para conseguir obter os tão aguardados diplomas. Eles realizam a prova e caso tirem uma boa nota, podem solicitar o diploma. É com esse diploma que o jovem ou adulto pode conseguir um emprego mais adequado.

✓ Veja as informações mais buscadas pelos vestibulandos:

Quer saber um pouco mais sobre como funciona o Encceja 2023 e os seus detalhes? Então, confira o vídeo a seguir, que vai mostrar de forma mais detalhada esse exame. Veja o vídeo até o final e confira como será possível conseguir o seu sonhado certificado.


Regras para receber certificado Encceja

Tenha atenção às regras para conseguir o seu certificado através do Encceja. Se você almeja tanto conquistar o diploma do fundamental ou médio, você vai ter que se encaixar nesses critérios abaixo:

  • Para o Ensino Fundamental: Você vai precisar ter, no mínimo, 15 anos completos no dia da prova;
  • Para o Ensino Médio: Você vai precisa ter 18 anos ou mais no dia da prova.

Essas regras são claras e bem simples. Caso você não tenha conseguido concluir o ensino fundamental ou médio, você vai conseguir se inscrever para participar do exame e conseguir o seu certificado. Confira no próximo tópico como realizar as inscrições para o Encceja.

Como funciona o Encceja 2023
Imagem: G1

Inscrições no Encceja 2023

Para realizar o exame do Encceja, você vai ter que realizar a inscrição através do site oficial. Tudo é realizado apenas pela internet, e depois é só aguardar a data da aplicação da prova.

Obviamente, o período de inscrições tem um prazo estabelecido pelo INEP, e você precisa ter atenção a esse prazo para não perder a prova. Para realizar a prova do Encceja, confira esses passos:

  • Primeiro, acesso o clicando aqui;
  • Depois, clique em “Inscrição”;
Imagem: Encceja
  • Em seguida, para continuar, preencha os campos solicitados como CPF e data de nascimento do participante, como mostra a imagem abaixo;
Imagem: Encceja
  • Clique em “Enviar” e complete a sua inscrição;
  • Você ainda vai precisar escolher a secretaria de educação ou instituto federal de sua preferência, que irá produzir o seu Certificado de Conclusão, ou a Declaração Parcial de Proficiência;
  • Em seguida, preencha o questionário socioeconômico;
  • Depois, é só enviar todos os seus dados.

Após preencher tudo, alguns detalhes e informações sobre a prova vai ser passada para você através do e-mail cadastrado. Portanto, se certifique de preencher todos os dados de forma correta.

✓ Fique por dentro também das informações sobre o ENEM:

Como funciona o Encceja 2023
Imagem: Terra

Estaremos sempre atualizando todos os detalhes sobre como funciona o Encceja e também as novidades sobre prazos e cronogramas. Por isso, caso você queira ter acesso a esses certificados para conseguir boas colocações no mercado de trabalho, acompanhe o nosso portal.

Este artigo foi útil? AVALIE

Avaliação média:
Total de Votos:

Como funciona o Encceja 2023? Veja as regras para receber certificado!

Juliano Menta
Formado em Comunicação Social, Juliano Menta é especialista em assuntos relacionados a Educação brasileira. Escreve para portais online desde a mais de 4 anos e está sempre de atento em tudo o que envolve o a educação no país para melhor ajudar os estudantes brasileiros.