Segunda Chamada SISU 2023: Como Funciona? Vagas e Resultado

A segunda chamada SISU 2023 é a oportunidade para milhares de pessoas que sonham com a universidade. Para se candidatar à segunda chamada SISU 2023, você deve se inscrever no mesmo e utilizar a sua nota do ENEM.

Segunda Chamada SISU 2023
Segunda Chamada SISU 2023 (Imagem: Pexels)

Segunda chamada SISU 2023

A segunda chamada SISU 2023 é para todas as pessoas que desejam conquistar uma vaga na universidade pública, por isso, as vagas são limitadas.

Se você fez o ENEM, mas, infelizmente não conquistou a vaga na primeira chamada, então, candidate-se na segunda chamada.

✓ Veja mais informações sobre as vagas do SISU:

Imagem: Pexels

Essa modalidade existe para preencher as vagas restantes da seleção, mas, utilizando o mesmo critério da primeira chamada.

Até o limite da oferta das vagas, por curso e modalidade de concorrência, de acordo com as escolhas dos candidatos inscritos, eles são selecionados por ordem de maior classificação, em cada uma das duas edições anuais do Sisu.

Fonte: Acesse Único

As etapas que os candidatos irão passar são:

    • Inscrição no portal do SISU utilizando os dados Gov.br;
    • Escolha duas opções de cursos;
    • Finalize.

Após a finalização da inscrição, você deve aguardar a divulgação do resultado. Observe as datas do calendário.

É importante ficar atento ao calendário do SISU, dessa forma, você não perderá o prazo de inscrição.

Como usar a nota do ENEM no SISU?

Não se preocupe, você não vai precisar entrar no portal do ENEM, pegar a nota e colocar no sistema.

Saiba que ao realizar o acesso no portal do SISU utilizando os dados Gov.br, automaticamente a sua nota entrará no sistema.

Imagem: Pexels

Cada curso possui uma nota de corte, conforme a unidade, por isso, é importante superá-la se você quiser conquistar a vaga. A concorrência pelos cursos é acirrada, por isso, quem tira melhores notas ocupam as vagas.

✓ Leia também:


Resultado da segunda chamada SISU 2023

O resultado da segunda chamada é divulgado conforme a data do cronograma, então, fique atento ao site.

Confira o calendário oficial!

    • 15 a 18 de fevereiro: Inscrições;
    • 23 de fevereiro a 08 de março: Matrícula;
    • 22 de fevereiro a 08 de março: Lista de Espera.

Fonte: acessounico.mec.gov.br

Imagem: Pexels

Para ingressar no SISU, as exigências devem ser cumpridas pelos candidatos às vagas, veja quais são elas:

    • Tirar nota mínima de 450 pontos na prova do ENEM;
    • Não zerar a redação;
    • Ser de baixa renda, ou seja, receber até três salários mínimos por pessoa na sua residência.

Cumprindo com os requisitos básicos, você poderá se inscrever no SISU para se candidatar a segunda chamada. Boa sorte na seletiva!


Inscrições para segunda chamada SISU 2023

Não é complicado participar das inscrições segunda chamada SISU 2023, basta ter uma boa conexão com a internet e acessar o novo site do Sistema.

    • Para se inscrever na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada, clique aqui;

 

  • SISU

 

    • Em seguida, veja no calendário a opção de inscrição e se tiver disponível clique em “Inscrições”;
    • Agora, realize o login informando os dados Gov.br;
    • Feito esse passo, você deve informar as duas opções de cursos que deseja estudar;
    • Ao finalizar a escolha dos cursos, conclua a sua inscrição para em seguida se desconectar do acesso.

Pronto, agora é só aguardar o resultado para saber se alcançou a vaga desejada com a sua pontuação do ENEM.

Curiosidade: A primeira escolha do curso será a selecionada pelo sistema, caso o candidato passe nas duas opções que escolheu. Nesse caso, tome cuidado e deixe como primeira opção o curso que você mais deseja estudar pelo SISU.

Este artigo foi útil? AVALIE

Avaliação média:
Total de Votos:

Segunda Chamada SISU 2023: Como Funciona? Vagas e Resultado

Juliano Menta
Formado em Comunicação Social, Juliano Menta é especialista em assuntos relacionados a Educação brasileira. Escreve para portais online desde a mais de 4 anos e está sempre de atento em tudo o que envolve o a educação no país para melhor ajudar os estudantes brasileiros.