Refinanciamento de Dívidas do FIES: Renegocie Juros e Prazos

O refinanciamento de dívidas do FIES muitas vezes tem sido o sonho de muita gente. Por conta disso, esclarecemos as principais dúvidas sobre o tema, assim como realizar o processo de renegociação, juros, prazos e melhores condições de refinanciamento de dívidas do FIES.

Refinanciamento de dívidas do FIES
Refinanciamento de dívidas do FIES

Como ver o valor da dívida do FIES?

Os estudantes têm dúvidas a respeito de como consultar o saldo devedor no FIES. O programa tem a principal função de proporcionar o acesso  do estudante de baixa renda ao ensino superior privado.

Sendo assim, a através da realização da prova do Enem se inscreve no programa e aguarda o resultado disponibilizado pela instituição.

✓ Veja também:

Primeiramente, vale lembrar, que além da documentação comum, ou seja, aquela que geralmente é cobrada pelas instituições, o inscrito no FIES precisa realizar a comprovação de renda além da apresentação de fiadores.

Diante disso, apesar do projeto ser excelente e ter ajudado milhares de pessoas, nem todo mundo consegue quitar os valores. Estes precisam ser pagos logo após a graduação, gerando juros, multas, prejuízos e alguns problemas junto ao programa.

Imagem: Pexels

Para verificar o valor da dívida é necessário que o estudante acesse o portal do Financiamento Estudantil e realize um cadastro ou insira o login e senha.

Veja a seguir mais informações e saiba como funciona o refinanciamento de dívidas do FIES.


Como funciona o perdão da dívida do FIES?

Apesar de ainda tramitar no senado sobre o percentual de 99% do perdão da dívida do FIES, o aluno que não tem condições de pagar as mensalidades pode conseguir descontos de até 92% desde que cumpram as regras do programa.

Diante disso, o perdão da dívida tem a principal função de diminuir as taxas de inadimplência.

Isso porque os contratos devedores de estudantes que não cumpriram as obrigações junto ao financiamento estudantil estão chegando a 8 bilhões de reais.

Imagem: Pexels

Entretanto, com intenção de facilitar para o aluno e fazer um acordo com a instituição, a renegociação das dívidas agora é permitido mesmo mediante alunos que foram cobrados por meio de documentos judiciais.

Continue acompanhando e veja mais detalhes a seguir.


Quais são as condições para o refinanciamento de dívidas do FIES?

Em primeiro lugar, os descontos são destinados aos alunos que estão em débito em relação ao financiamento e que obtém contratos firmados até o ano de 2017.

Dessa forma, as instituições financeiras devem disponibilizar descontos que podem variar entre 12% até 92%.

✓ Leia também:

Além disso, o aluno pode parcelar dívida em até 150 vezes a depender das parcelas e da modalidade do saldo devedor.

Quem possibilitou que essas mudanças sejam feitas foi a medida provisória 1090 e que atualmente já foi convertida em lei através do Congresso Nacional.

Com isso, os alunos que são inscritos em programa social que seja em situação de vulnerabilidade econômica ou que receberam auxílio emergencial nos anos anteriores terão direito ao desconto de 92% da dívida esta poderá ser parcelada em até 10 vezes. 

Contudo, os alunos que tem mais de 60 dias em atraso junta FIES podem receber  o desconto é equivalente a 86,5% pode ser parcelado em até 10 vezes. Desse modo, a taxa de juros do FIES é de 6,5% ao ano.

Entretanto, em alguns casos, o aluno que estiver em débito com o FIES podem realizar o refinanciamento da dívida e abater este valor como uma das formas  para facilitar o pagamento por parte do estudante.

Com isso, veja a seguir mais informações e saiba como realizar o refinanciamento de dívidas do FIES. 


Como refinanciar o FIES?

Antes de realizar o refinanciamento, o estudante precisa entender que valor mínimo da prestação de R$ 200. Sendo assim, para saber quem tem direito a renegociação deve acessar o Portal oficial do FIES.

Por fim, as pessoas que solicitaram o FIES pela Caixa Econômica Federal ou pelo Banco do Brasil devem entrar no aplicativo ou no portal oficial dos bancos. Para isso basta seguir o passo-a-passo abaixo:

Imagem: Portal FIES
  •  Faça uma renegociação de simulação;
  •  Escolha a quantidade de parcelas que vão ser pagas;
  •  Imprima o documento relativo ao caso;
  •  Entrega de documentos oficiais como RG, CPF comprovante de residência comprovante de renda;
  •  logo em seguida se direcione a agência que realizou o procedimento envie os documentos faltantes.

Enfim, servidores públicos que utilizam o FIES como pagamento da instituição privada tem facilidade no pagamento do FIES. Para mais detalhes sobre o refinanciamento de dívidas do FIES,  continue acompanhando este portal.

Este artigo foi útil? AVALIE

Avaliação média:
Total de Votos:

Refinanciamento de Dívidas do FIES: Renegocie Juros e Prazos

Juliano Menta
Formado em Comunicação Social, Juliano Menta é especialista em assuntos relacionados a Educação brasileira. Escreve para portais online desde a mais de 4 anos e está sempre de atento em tudo o que envolve o a educação no país para melhor ajudar os estudantes brasileiros.